Tensão racial no ambiente escolar: uma análise sociológica sobre os Escritores da Liberdade

Autores

  • Érika Catarina de Melo Alves CPDA-UFRRJ
  • Marcos Diallyson Farias da Silva Universidade Estadual da Paraíba. Secretaria de Educação do Estado da Paraíba

Palavras-chave:

Escritores da Liberdade. Tensão Racial. Conflito.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo realizar uma inflexão sobre o filme Escritores da Liberdade (Freedom Writers, EUA, 2007). Anotando o contexto social e político pelo qual esta narrativa transcorre e os conflitos sociais e raciais que confrontavam o cotidiano escolar. A película é fruto da experiência da professora Erin Gruwell, na sala 203 de uma escola em Long Beach, Califórnia. Ao encarar sua primeira turma de alunos, considerados pela administração da escola como adolescentes "em risco" ou "problemáticos", a protagonista consegue construir uma relação professor-aluno onde a escrita e a literatura ganham espaço e transforma vidas.

Biografia do Autor

Érika Catarina de Melo Alves, CPDA-UFRRJ

Doutoranda de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade pela Universidade Federal Rural
do Rio de Janeiro (CPDA-UFRRJ). Mestre em Antropologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
Bacharela em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). É membro do Grupo de
Estudos em Território e Identidade (GETI-PPGA-CNPq). Integrante do corpo editorial da Revista Ideas produzida
pelo Programa de Ciências Sociais (CPDA-UFRRJ). Possui trabalhos nos seguintes temas: patrimônio imaterial,
identidade, etnicidade, tradição de conhecimento, e dinâmicas territoriais. Sendo suas principais áreas de
interesse e atuação: Antropologia Política, Antropologia do Conhecimento e da Técnica

Marcos Diallyson Farias da Silva, Universidade Estadual da Paraíba. Secretaria de Educação do Estado da Paraíba

Professor de Língua Inglesa e Produção textual pela Secretaria de Educação do Estado da Paraíba.

Referências

ARENDT, Hannah. A crise na educação. In: Entre o passado e o futuro. São Paulo: Perspectiva, 2001.

CORREIA, Adriano. O pensamento pode evitar o mal? In: Rev. Educação: Hannah Arendt pensa a educação. São Paulo: Segmento, n.4, 2006.

CRITELLI, Dulce. O ofício de pensar. In: Rev. Educação: Hannah Arendt pensa a educação. São Paulo: Segmento, n.4, 2006.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 23a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999.

SIMMEL, G. Simmel: Sociologia. Coleção Grandes Cientistas Sociais. São Paulo: Editora Ática, 1983.

Downloads

Publicado

2019-08-02

Edição

Seção

Sociologia e Filme