Para além dos muros da escola

Autores

  • Carolina Aparecida Gonçalves Unicamp

Palavras-chave:

Educação pública. Formação. Sociologia.

Resumo

Este ensaio visa relatar a experiência do ato de apoio à greve dos professores do Estado de São Paulo, em abril/ 2013, realizado por discentes do ensino médio no município de Campinas/ SP. Este ato foi construído a partir do debate surgido na atividade de greve realizada pelo professor de sociologia e bolsistas do Pibid (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência) pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) acerca do cenário da educação presente na rede pública de ensino, tendo a greve dos professores como fato concreto norteador deste processo de reflexão sobre o ensino público. Trata-se da apresentação da contribuição da sociologia como disciplina no ensino médio para a formação pessoal e política dos discentes.

Biografia do Autor

Carolina Aparecida Gonçalves, Unicamp

Bacharel em Administração Pública pela Unesp. Atualmente cursa Bacharel em Sociologia e Licenciatura em Ciências Sociais, bolsista Pibic na Unicamp.

Referências

Cândido, Antônio. A Estrutura da Escola, Separata de Educação e Ciências (Boletim do Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais), Rio de Janeiro, 1956.

Fernandes, Florestan. O ensino de Sociologia na escola secundária brasileira. Primeiro dossiê de ciências sociais. São Paulo, Ceupes-USP/CACS-PUC, pp. 46-58, 1985.

Ianni, Octavio. O ensino das Ciências Sociais no 1. e 2. graus. Cad. Cedes, Campinas, vol. 31, n. 85, p. 327-339, set. -dez. 2011.

Downloads

Publicado

2014-05-01

Edição

Seção

Relato de Experiência Docente