Educação nas prisões

uma análise sociológica da realidade do Estado do Rio de Janeiro

Autores

  • Taíza da Silva Gama Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

Educação nas prisões, Rio de Janeiro, Paulo Freire, Antonio Gramsci, Erving Goffman

Resumo

A presente pesquisa buscou analisar a educação nas prisões do Estado do Rio de Janeiro a partir de concepções sociológicas. Pretendeu-se ainda, propor reflexões a respeito do papel da educação em prisões, considerando as especificidades de seus sujeitos e o contexto em que estão inseridos. Este artigo constitui-se como um recorte da pesquisa de doutoramento desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de São Paulo. A forma de organização da educação nas prisões cariocas foi analisada com base nos estudos de Paulo Freire (1987), dialogando com as teorias de Gramsci (1975) e de Goffman (1961). Trata-se de uma pesquisa teórica de natureza bibliográfica e qualitativa. Como resultado foram identificados alguns elementos históricos do passado que possibilitaram a compreensão das relações entre as prisões do Estado do Rio de Janeiro e a sociedade atual, concluindo que existe um longo caminho a ser percorrido no sentido de viabilizar uma educação que atinja a todos os que se encontram nas prisões cariocas.

Palavras-chave: Educação nas prisões. Rio de Janeiro. Paulo Freire. Antonio Gramsci. Erving Goffman.

Abstract

This research aimed to analyze education in prisons in the State of Rio de Janeiro from sociological perspectives. It also intended to propose reflections on the role of education in prisons, considering the specificities of its subjects and the context in which they are embedded. This article is a section of the doctoral thesis developed within the Postgraduate Program in Education at the University of São Paulo. The organization of education in Rio de Janeiro's prisons was analyzed based on the studies of Paulo Freire (1987), in dialogue with the theories of Gramsci (1975) and Goffman (1961). It is a theoretical research of bibliographic and qualitative nature. As a result, some historical elements from the past were identified, enabling the understanding of the relationships between the prisons in the State of Rio de Janeiro and the current society, concluding that there is still a long way to go in order to enable an education that reaches all those who are in Rio de Janeiro's prisons.

 Keywords: Education in Prisons. Rio de Janeiro. Paulo Freire. Antonio Gramsci. Erving Goffman.

Referências

AGUIRRE, Carlos. Cárcere e sociedade na América Latina 1800-1940. In . MAIA, C. [et al.] História das Prisões no Brasil, v.1. Rio de Janeiro: Rocco, 2009.

BECCARIA, Cesare. Dos Delitos e das Penas. São Paulo: Martin Claret, 2001.

BRASIL. Lei 7.210, de 11.06.1984. Lei de Execução Penal (LEP, 1984). Disponível em: http://www.planalto.gov.br . Acesso em: 10 ago. 2023.

BRASIL. Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (Cnpcp). Resolução nº 3, de 11 de março de 2009. Diário Oficial da União, Brasília, Seção 1, p. 22, 25 mar. 2009. Brasília, v. 24, n. 86, p. 89-103, nov. 2011.

BRASIL. Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias - INFOPEN - Junho de 2016. Brasília: Ministério da Justiça e Segurança Pública, Departamento Penitenciário Nacional - DEPEN, 2017.

BRASIL. Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias - INFOPEN – Dezembro de 2019. Brasília: Ministério da Justiça e Segurança Pública, Departamento Penitenciário Nacional - DEPEN, 2019.

FOUCAULT, Michel. (1975) Vigiar e Punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Vozes, 40 ed., 2012.

FREIRE, Paulo. Educação como prática de liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 63ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GAMA, Taíza da Silva. Limites e possibilidade do exercício do direito à educação nas prisões do Estado do Rio de Janeiro: um estudo de caso no Colégio Estadual José Lewgoy. 2019. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.

GODINHO, Ana Claudia, JULIÃO, Elionaldo, & ONOFRE, Elenice. Desafios da educação popular em contextos de privação de liberdade. EccoS – Revista Científica, 2020.

GOFFMAN, Erwing. Manicômios, Prisões e Conventos (1961). 8ª ed. São Paulo: Editora Perspectiva, 2013.

GRAMSCI, Antonio. Quaderni del carcere. Turim: Einaudi, 1975.

GRAMSCI, Antonio. Os intelectuais e a organização da cultura. 4ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1982.

JULIÃO, Elionaldo. Política pública de Educação Penitenciária: contribuição para o diagnóstico da experiência do Rio de Janeiro. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Educação PUC/RJ, 2003.

MAIA, Clarissa; NETO, Flávio; COSTA, Marcos & BRETAS, Marcos. História das prisões no Brasil. v. 01. Rio de Janeiro: Rocco, 2009 (vol.1 e 2).

MESQUIDA, Peri. Paulo Freire e Antonio Gramsci: a filosofia da práxis na ação pedagógica e na educação de educadores. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 11, n. 43, p. 32–41, 2012.

MINAYO, Maria Cecilia de Souza. O Desafio do Conhecimento: Pesquisa Qualitativa em Saúde. São Paulo. Rio de Janeiro, HUCITEC-ABRASCO, 1999.

OLIVEIRA, Edmundo. O futuro alternativo das prisões. Editora Forense, Rio de Janeiro 2002.

ONOFRE, Elenice Maria Cammarosano. Educação escolar para jovens e adultos em situação de privação de liberdade. Cad. Cedes, Campinas, v. 35, n. 96, p. 239-255, maio-ago., 2015

PEREIRA, Antonio. A educação de jovens e adultos no sistema prisional brasileiro: o que dizem os planos estaduais de educação em prisões? Revista Tempos e Espaços em Educação, São Cristóvão, Sergipe, Brasil, v. 11, n. 24, p. 217-252, jan./mar. 2018.

RIO DE JANEIRO. Plano Estadual de Educação em Prisões. Rio de Janeiro: SEEDUC, 2018.

SALVATO, Marcio Antonio; FERREIRA, Pedro Cavalcanti Gomes; DUARTE, Angelo José Mont'Alverne. O Impacto da Escolaridade Sobre a Distribuição de Renda. Estudos Econômicos. São Paulo, v. 40, n. 4, p. 753-791, outubro-dezembro, 2010.

SANT´ANNA, Marilene Antunes. Trabalho e conflitos na Casa de Correção do Rio de Janeiro. In: Maia, Clarissa N.; Sá Neto, Flávio de; Costa, Marcos; Bretas, Marcos. (Org.). História das Prisões no Brasil. Rio de Janeiro: Rocco, 2009.

SILVA, Roberto da; & MOREIRA, Fábio. O projeto político-pedagógico para a educação em prisões. Revista Em Aberto, INEP, Brasília, v. 24, n. 86, pp. 89-103, nov. 2011.

SOUSA, Angélica Silva de; OLIVEIRA, Guilherme Saramago de; ALVES, Laís Hilário. A pesquisa bibliográfica: princípios e fundamentos. Cadernos da Fucamp, 2021, n.20, n.43, p.64-83.

SOUZA, José Paulo de Morais. A escola na prisão: uma abordagem crítica sob a ótica do profissional em educação. Tese de Doutorado em Memória Social. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO. Rio de Janeiro: 2017.

VASCONCELOS, Ana Silvia Furtado. A saúde sob custódia: um estudo sobre agentes de segurança penitenciária no Rio de Janeiro. Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública. Rio de Janeiro, 2000. 66 f. Mestrado (mestrado em Saúde Pública) – Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2000.

Downloads

Publicado

2024-05-19

Como Citar

da Silva Gama, T. (2024). Educação nas prisões: uma análise sociológica da realidade do Estado do Rio de Janeiro . Revista Café Com Sociologia, 13(1), 1–15. Recuperado de https://revistacafecomsociologia.com/revista/index.php/revista/article/view/1418