Por uma Sociologia Relacional da História do ensino de Sociologia: cientistas sociais e espaço social acadêmico

Autores

  • Lívia Bocalon Pires de Moraes Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara - UNESP

Palavras-chave:

História do ensino de sociologia, Espaço social acadêmico, Análise relacional

Resumo

O texto apresenta a proposta e os resultados parciais de minha pesquisa de mestrado, enfocando a construção teórica e metodológica, a partir da obra de Pierre Bourdieu, das ciências sociais enquanto espaço social acadêmico, e do ensino de sociologia como um novo foco de agência neste espaço, construído enquanto tal por meio do empreendimento individual e coletivo dos cientistas sociais Amaury Cesar Moraes, Ileizi Luciana Fiorelli Silva, Sueli Guadelupe de Lima Mendonça, Elisabeth da Fonseca Guimarães, Nelson Dacio Tomazi, Heloisa Helena Teixeira de Souza Martins, e Lejeune Mato Grosso de Carvalho. Com o intuito de empreender o "momento objetivista" da análise relacional, parto da constituição histórica da gênese das ciências sociais enquanto espaço social acadêmico, apresentando as especificidades deste contexto para a configuração de um determinado modo de "fazer ciência" e de "ser cientista", e aponto o papel desempenhado pelas agências de fomento e sociedades científicas como fontes de legitimidade e autoridade científica neste espaço social. Apresento suas instituições e agentes dominantes, e situo as posições ocupadas pelos cientistas sociais estudados em relação a eles, assinalando sua relevância no processo de constituição deste novo foco de agência. Indico os próximos passos da pesquisa, referentes à realização do "momento subjetivista" da análise, e justifico a relevância da realização de uma sociologia relacional da história do ensino de sociologia enquanto instrumental de autossocioanálise para as ciências sociais.

Biografia do Autor

Lívia Bocalon Pires de Moraes, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara - UNESP

Graduada em bacharelado (2013) e licenciatura (2011) em Ciências Sociais pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara (FCLAr "“ UNESP). Bolsista de Iniciação Científica pela FAPESP (2011). Mestranda em Ciências Sociais pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara (FCLAr "“ UNESP) com financiamento do CNPq. Professora de Sociologia no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), campus Sertãozinho. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: institucionalização das ciências sociais, formação docente e ensino de sociologia.

Referências

BOURDIEU, P. A Economia das Trocas Simbólicas. Tradução de Sérgio Miceli. 5º ed. São Paulo: Perspectiva, 1998.

____________ Coisas Ditas. Tradução de Cássia R. da Silveira e Denise Moreiro Pegorim. São Paulo: Editora Brasiliense, 2004.

BOURDIEU, P. Esboço de uma teoria da prática. In: ___ ORTIZ, R. (Org.). Pierre Bourdieu. São Paulo: Ática, 1983, p. 46-81.

____________ Lições da Aula. Tradução de Egon de O. Rangel. 2º ed. São Paulo: Ed. Ática, 1994.

____________ O poder simbólico. Tradução de Fernando Thomaz. 4º ed. Rio de Janeiro: Ed Bertrand Brasil, 2001.

_____________ Questões de Sociologia. Tradução de Miguel S. Pereira. Lisboa: Fim de Século, 2003.

_____________Razões Práticas. Tradução de Mariza Corrêa. Campinas: Paris, 2005.

_____________ Os usos sociais da ciência. Tradução de Denice B. Catani. São Paulo: Ed. UNESP, 2004a.

CARVALHO, L. M. G. (Org.) Sociologia e Ensino em debate. Experiências e Discussões de Sociologia no Ensino Médio. Ijuí: Ed. Unijuí, 2004.

FEIJÓ, F. Breve histórico do desenvolvimento do ensino de sociologia no Brasil. Revista Percursos. Florianópolis, v. 13, n. 01, jan. / jun. 2012, p. 133-153.

HANDFAS, A. O estado da arte do ensino de sociologia na Educação Básica: um levantamento preliminar da produção acadêmica. Revista Inter-legere. Natal, n. 9, jun. /jul. 2011, p. 386-400.

HEY, A. P. Esboço de uma sociologia do campo acadêmico: a educação superior no Brasil. São Carlos: EdUFSCAR, 2008.

KANT DE LIMA, R. A antropologia da academia: quando os índios somos nós. 3º ed. Niterói: Ed. da UFF, 2011.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO: Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em <http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/ldb.pdf> Acesso em: 19 de maio de 2010.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO: Lei Nº 11.684, de 2 de junho de 2008. Disponível em <http://www.labes.fe.ufrj.br/index.php/legislacao.html> Acesso em 19 de maio de 2010.

MINISTÉRIOS DA EDUCAÇÃO: Orientações Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Disponível em <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/book_volume_03_internet.pdf> Acesso em: 22 de janeiro de 2013.

MONTAGNER, M. A. Trajetórias e Biografias: notas para uma análise bourdiesiana. Revista Sociologias, Porto Alegre, ano 9, nº 17, jan./ jul. 2007, p. 240-264.

MORAES, A. C. Ensino de sociologia: periodização e campanha pela obrigatoriedade. Cad. Cedes, Campinas, v. 31, n. 85, set-dez 2011, p. 359-382. Disponível em <http://www.cedes.unicamp.br>. Acesso em 21 de fevereiro de 2013.

MUNIZ, N. A. C. O CNPq e sua trajetória de planejamento e gestão em C&T: histórias para não dormir, contadas por seus técnicos (1975-1995). Brasília: UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, 2008. Tese (Doutorado em História) "“ Programa de Pós-Graduação em História, Instituto de Ciências Humanas "“ Universidade de Brasília, Brasília, 2008.

OLIVEIRA, A. Revisitando a história do ensino de Sociologia na Educação Básica. Acta Scientiarum, vol.35 n. 2, p. 179-189. Maringá, jul./dez. 2013. Disponível em < http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciEduc/article/view/20222> Acesso: em 20 de setembro de 2015.

ORTIZ, R. (Org.). Pierre Bourdieu. São Paulo: Ática, 1983.

PETERS, G. Habitus, reflexividade e neo-objetivismo na teoria da prática de Pierre Bourdieu. Rev. Brasileira Ciências Sociais, vol.28 n. 83. São Paulo, Out. 2013. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-69092013000300004&script=sci_arttext> Acesso em: 30 de dezembro de 2014.

SANTOS, M. B. A sociologia no contexto das reformas do Ensino Médio. In: ___ CARVALHO, L. M. G. (Org.) Sociologia e Ensino em debate. Experiências e Discussões de Sociologia no Ensino Médio. Ijuí: Ed. Unijuí, 2004, p.131-180.

SILVA, I. F. O ensino das Ciências Sociais: mapeamento do debate em periódicos das Ciências Sociais e da Educação de 1940 a 2001. In: ___ CARVALHO, C. A. (Org.). A Sociologia no Ensino Médio: uma experiência. Londrina: EDUEL, 2010, p. 64-83.

WACQUANT, L. Esclarecer o habitus. Educação & Linguagem, ano 10, nº 16, São Pulo, jul. /dez. 2007.

Downloads

Publicado

2015-12-14