O discurso de apoio à Sociologia no Ensino Médio nos anos 30/40 e nos anos 90/00: apontamentos sobre os dois períodos

Autores

  • Gustavo Cravo de Azevedo Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Tais Barbosa Valdevino do Nascimento Universidade Federal do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

Sociologia no Ensino Médio. Institucionalização da Sociologia. Sentido da presença. 1

Resumo

O objetivo deste trabalho é pensar a trajetória de institucionalização da Sociologia como disciplina escolar na Educação Básica. Para isso será analisado o discurso produzido pelos atores envolvidos acerca da sua obrigatoriedade em dois períodos: 1930/1940 e 1990/2000. Em relação ao primeiro período é analisada a carta de Miguel de Carvalho à Luis Vergara que contém um relato sobre o ensino de Sociologia, bem como, os programas da disciplina que consta o tipo de cidadão que se pretendia formar. Por sua vez, no segundo período são analisados os discursos de duas tramitações de Lei Federal - PL 3178/97 e PL 1641/03 "“ que visavam à aprovação da Sociologia como disciplina no Ensino Médio.


Biografia do Autor

Gustavo Cravo de Azevedo, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestre em Ciência Política UFF

Especialista em Ensino de Sociologia pela FE/UFRJ

Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais pelo IFCS/UFRJ

Tais Barbosa Valdevino do Nascimento, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Licencianda em Ciências Sociais do IFCS-UFRJ e bolsista de Iniciação Cientifica (FAPERJ), do Laboratório de Ensino de Sociologia Florestan Fernandes na pesquisa "As Ciências Sociais no Brasil e a constituição da Sociologia como disciplina escolar".

Referências

BRASIL. Decreto-lei nº 19.890, de 18 de abril de 1931.

BRASIL. Decreto-lei nº 21.241, de 4 de abril de 1932.

BRASIL. Decreto-lei nº 4.244, de 9 de abril de 1942.

CAMPOS, Francisco. Exposição de motivos. Ministério da Educação e da Saúde Pública. Rio de Janeiro, 1931 p.3 e 5. CAPANEMA, Gustavo. Discurso aos membros do Conselho Nacional de Educação. Rio de Janeiro. 1936.

CARVALHO, Carlos Miguel de. Relatório sobre o ensino de Sociologia. Carta à Luís Vergara. Rio de Janeiro, 20 de junho de 1938. In: CPDOC/ LVc 1938.06.22.

CARVALHO. Lejeune Mato Grosso de. (Org.). Sociologia e ensino em debate: experiências e discussão de sociologia no ensino médio. Ijuí, Rio Grande do Sul. Ed. Unijuí, 2004.

MACHADO, Celso de Souza. O ensino da Sociologia na escola secundária brasileira: levantamento preliminar. Revista Faculdade Educação. São Paulo. Jan/Jun 1987.

MEUCCI, Simone. A institucionalização da Sociologia no Brasil: Os primeiros manuais e cursos. Campinas, SP. 2000.

________________. Entrevista com Simone Meucci. Revista Café com Sociologia. v.2, n.1. 2013.

MORAES, Amaury. Ensino de Sociologia. Periodização e Campanha pela Obrigatoriedade. Caderno Cedes, Campinas, vol. 31, n. 85, p. 359-382, set.-dez. 2011.

ROMANO, Fábio Geraldo. A luta em defesa da Sociologia no ensino médio (1996-2007): um estudo sobre a invenção das tradições. Dissertação de mestrado apresentada no Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da Faculdade de Ciências e Letras, UNESP/ Araraquara. 2009.

Downloads

Publicado

2015-12-14